Como empreender em tempos de crise

Já não é mais novidade ouvir sobre as dificuldades que o país vem enfrentando devido a crise. Durante este período são vários os medos e inseguranças, mas isso não significa que você não deve pensar em abrir seu negócio próprio. Uma das principais características de um empreendedor é conseguir identificar bons negócios mesmo em situações adversas. É justamente com os problemas que surgem as oportunidades!

Seja por oportunidade ou necessidade, existem muitos tipos de empresas que crescem em tempos de crise, uma vez que novas necessidades demandam novos negócios. Já pensou em olhar para o lado positivo desse momento e se destacar?

Ter uma empresa é assumir riscos em qualquer época, por isso, especialmente neste momento o que se deve fazer é tentar minimizá-los ao máximo, controlando as próprias ações.

Considere essas observações se você está em busca de montar um negócio próprio ou de uma atividade para complementar sua renda.


Planeje-se

Planejar é a ação cotidiana mais importante e fundamental de todas. É através do planejamento que você saberá onde deve chegar, quais decisões deverá tomar, como poderá utilizar seus recursos da melhor forma, etc. Ele deve ser o guia da empresa e deve ser feito com clareza e objetividade.
 

Qualifique-se

Geralmente as pessoas escolhem um negócio voltado para as habilidades e competências que já adquiriram ao longo dos anos, o que pode facilitar o andamento do projeto.

Mas, se você identificou um mercado em potencial e não é uma área que conhece, é necessário buscar conhecimento técnico antes de começar o negócio. O segmento confeiteiro está em alta? Entenda o perfil do público e seu comportamento. O mercado pet está crescendo? Busque saber como atender aos consumidores desse tipo de negócio.

Além disso, lembre-se que no início você poderá ter que fazer tudo: cuidar das finanças, gerir a empresa, falar com as pessoas, etc. Por isso é importante estar qualificado, já que será o responsável pela operação e será o principal responsável para que o negócio cresça.


Identifique o mercado

Analise os problema que existem no mercado e que podem ser resolvidos. Utilize seus recursos de forma inteligente e que proponha uma solução inovadora e adequada as necessidades dos seus consumidores. Além disso, pense no que você pode fazer para se diferenciar da concorrência neste momento, pode ser algo básico, mas que entregue uma boa experiência. Inove, seja criativo!
 

Não se comprometa com gastos

Prepare-se primeiro, gaste depois. Não comece seu empreendimento assumindo diversos compromissos financeiros ou projetando que as coisas estarão sempre boas. Seja realista, atue como se você fosse quebrar amanhã e administre bem o dinheiro seguindo esse pensamento. Valide e conheça seu negócio e só a partir disso pense em gastos fixos como aluguel e contratações, por exemplo.
 

Qualidade e foco no cliente

Neste momento o consumidor busca gastar pouco e consumir com qualidade, por isso garanta que o seu produto/serviço é bom e adequado o suficiente para competir com outros que já estão disponíveis no mercado e, mesmo assim, possua um diferencial que possibilite seu crescimento.

Fique atento aos gargalos existentes, identifique problemas e garanta que o que você oferece chegue ao cliente da forma que imaginou ou até superando suas expectativas. Pense também em fortalecer a relação com os os clientes atuais e conquistar novos.


Compre uma empresa

Qualquer negócio começa com muitas incertezas, o que tira o sono de qualquer empreendedor, ainda mais em momentos críticos como o que estamos passando agora. Mas existe uma maneira muito eficaz de minimizar essas incertezas: comprando uma empresa já consolidada. Assim você já tem clientes, funcionários treinados, instalações adequadas, ponto testado e já sai faturando no primeiro dia de empresa. Essa é uma excelente opção!

Além disso, alguns questionamentos também são importantes para você que pensa em empreender. Qual o seu nível de entusiasmo com o projeto? Você tem capacidade para tomar decisões? Você está disposto a assumir muitas responsabilidades?


Oportunidades para empreender mesmo em tempos de crise

Alguns setores ligados ao pequeno e médio empreendedor estão apresentando um ótimo desempenho, já que as pessoas têm recorrido a serviços mais básicos e retomado alguns hábitos antigos. Entre eles podemos destacar os consertos e reparos em roupas e calçados, a revenda de carros usados, a manutenção de carros em oficinas mecânicas e a utilização de bicicletas.

Os food-trucks, as microfranquias, a economia compartilhada e os negócios digitais também apresentam boas oportunidades para quem deseja empreender.

Empreender em tempos de crise pode ser um bom negócio. A decisão não é simples e fácil, mas que tal elaborar um bom plano e colocar a sua ideia em prática? Reflita sobre essas observações e prospere mesmo neste cenário adverso.

Veja também: Quais são as características mais importantes para se procurar em um parceiro de negócios?
 

Acesso ao site internacional
Calçada dos Narcisos, 42 - 2o. Andar
Cep: 06453-024 - Barueri - SP - Brasil
Tel: (11) 4195-0710
Av. Senador Salgado Filho, 4761 - Lj. 05
Cep: 81570-001 - Curitiba - PR - Brasil
Tel: (41) 3276-1005
R. Cristiano Moreira Sales, 150 - 4º andar
Cep 30494-360 - Belo Horizonte - MG - Brasil
Tel: (31) 3643-2036 / 3643-2037
Desenvolvido por W2F Publicidade